sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

O Absolutismo Moderno (já foi tarde, careca!)


Moro em Brasília desde que nasci(Sá é Brasília?rsrs). Lembro-me da época em que o DF era governado por um cara indicado pelos militares.Nunca pensei que fosse dizer isso,mas vai lá: Que saudade dessa época! Antes que me crucifiquem, é claro que não me esqueci das atrocidades cometidas pelos senhores de farda daquele tempo; refiro-me, apenas, ao fato de que nossa cidade era bem melhor. Muita gente que conheço lembram que os salários eram melhores, a cidade não era invadida por favelas eternas e a política era mais simples - não havia esse balcão de negócios chamado Câmara Legislativa..

Se tem uma coisa que amaldiçôo é essa cambada de ladrão que vem roubando tudo Putzgrailes! Desde o advento da constituição de 88, a lama vem do mais baixo nível de poder e imunda todo o alto escalão . Vocês lembram de quantos escândalos a gente vivenciou desde a ascensão de Roriz e seus comparsas até os dias de hoje? Trocentas! É um atrás do outro. Imaginei que isso pudesse parar em 95, quando tivemos um lampejo de esperança - Cristovam assumiu - que não vingou, permitindo que a "trupe" logo retomasse as rédeas da "democracia" e se lambusasse com o dinheiro dos cofres públicos.

E o pior: todo mundo sabia, mas ninguém fazia nada! Tá todo mundo careca - que nem o Arruda - de saber, mas ninguém ia preso.Eu disse IA. Mesmo que seja uma prisão cautelar, o constrangimento, a cena, a humilhação em ver um chefe do executivo corrupto indo pra cadeia é melhor coisa que vi nas TVs em 34 anos de minha existência.

Eu assisto a tudo de gabinete, já que sou servidor do GDF, e vejo a nossa "democracia" sendo torcida lá dentro dos corredores do poder. Hoje, a política em Brasília funciona como na época feudal: O Rei (Governador Arruda) comete atos absolutistas, manda e desmanda, influenciando seus Súditos (Câmara Legislativa do Distrito Federal) a fazerem suas vontades por meio de seus representantes locais, e esses ficam sob seu controle como se fossem bonecos de “vudu”.

Se o monarca se sentir ameaçado, exonera ou “alfineta” seu brinquedinho: A Plebe (comissionados sem vínculo ), pobres cidadãos que dependem de um mísero dinheirinho para sobreviver, aceitam todas as barbaridades de seu monarca, pois, caso ele “caia”, todos “cairão”. Defendem seus atos com “unhas e dentes” e se esquecem que a obrigação do monarca era prover um desenvolvimento melhor para a cidade, onde todos pudessem trabalhar sem pressão de ser convocado a defender o Rei, onde seus filhos pudessem usufruir melhor a educação fundamental, tendo acesso a uma rede de saúde adequada aos impostos que são furtados de seus bolsos e a uma sociedade mais livre e segura. A corte se completa com os Bobos (população brasiliense) que apesar de saber de todos os acontecimentos, ainda estão pacíficos e subordinados a mesma “cambada” de sempre.

O Rei foi preso, os Súditos tremeram, a Plebe está com medo e os Bobos estão torcendo para que as coisas mudem. Tá todo mundo com uma esperança - ainda que pequena, que seja - de que seus filhos entendam que atos ilícitos são contra os princípios e valores morais de uma sociedade organizada e que tudo que se conquista é fruto de trabalho e não de falcatruas.

3 comentários:

オテモヤン disse...

オナニー
逆援助
SEX
フェラチオ
ソープ
逆援助
出張ホスト
手コキ
おっぱい
フェラチオ
中出し
セックス
デリヘル
包茎
逆援
性欲

Vascojon disse...

Concordo , vinicius jiraya! Disse pouco, mas disse tudo!

nina disse...

a melhor coisa dos ultimos anos foi ver esse cara na cadeia...cara arrogante, metido a besta, acreditou demais na impunidade e se lascou...por mim, tem mais é que se lascar...

como diz o paulão..."cambada de gente a toa!!"

valeu pelo texto, vascão.

estou indignada com essa merda toda desde quando vi aqueles vídeos e com aquela matéria da época com a tal sra. arruda.

que ódio!!!